um dia vai ser comigo… hoje foi o dia!

E foi hoje que passei a minha vergonha no centro comercial, com toda a gente a olhar para mim. 3 anos depois da minha primeira filha, não está mau de todo! Ia-me passando, com vontade de as estrangular mesmo ali mas sempre com aquela aparente calma que manda a a parentalidade positiva. Ainda aguentei umas 5 birras até ao momento em que soltei um ‘acabou´mais alto do que devia, levei uma pelo colo, uma pela mão quase arrastada (ambas em choro em uníssono) e passámos todos os carrinhos tipo carrossel em passo apressado com algum medo que o volume do choro subisse nessas alturas, e fomos embora. Tudo a olhar para mim claro, uns com aquele sorriso compreensivo, outros com aquele olhar a julgar ´que miúdas mal educadas´. Não me apoquenta porque assim que tiverem filhos vão engolir aqueles comentários maliciosos nas suas próprias vergonhas! Como eu já engoli os meus! Cheguei ao carro, conversei no tom de voz entre a parentalidade positiva e os gritos, não consegui melhor. Acho que saiu mais daqueles ouvidos que que ficou, mas fiz a minha parte. Há dias assim. Eu que ainda outro dia falei do meu esforço para as educar sem gritos e de forma positiva. Mas somos todos humanos e este foi um momento mau. Vocês, mães reais desse lado, preciso que demonstrem a vossa compreensão pela minha primeira vergonha a sério! Aceitam-se histórias do género para a troca :)

Foto da nossa fotógrafa de família, a querida e maravilhosa Isabel Saldanha, que apanhou tão bem a essência destas minhas índias endiabradas <3

 

sessao nossa familia junto ao rio (pf)24

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*