manas índias

Grávida da mini índia pensava muitas vezes em como ela iria ser, como iria ser a vida a 4, a relação das duas. Fui surpreendida e muito!! Até agora o desafio está a ser mais gratificante e feliz que duro. Tenho a sorte das duas dormirem muito bem e já conseguir há algum tempo dormir noites inteiras com alguma frequência (lucky me!).

É inevitável fazer comparações entre as duas irmãs. A índia era mais calma durante o dia, facilitou-nos muito a vida porque sempre foi uma bebé muito fácil. Desde sempre brincou sozinha e estava sempre bem disposta. A mini índia também é uma bem disposta constante mas precisa de mais atenção durante o dia! Adora conversa e quando não lhe ligamos muito ela chama com gritinhos (que rapidamente se tornam guinchos de refilice!). A índia sempre foi fácil para dormir e começou a fazer noites inteiras muito cedo, mas no processo de adormecer tinha que lá ir algumas vezes por a chucha ou abanar um bocadinho o berço. A mini índia é deitar e vir embora! Na maioria das vezes nem é preciso voltar. Perguntam vocês que fiz eu. Pois bem, não faço ideia! Desde que nasceu que a deitávamos para fazer a noite e ela ficava. Sempre fizemos questão de ter rotinas muito rígidas de fim de dia e noite (com as duas) e acho que isso ajudou muito a regularizar os sonos e o adormecer. Mas sinceramente acho que isto acontece porque ela é assim. Mas não quer dizer que amanhã não mude tudo! Nada é para sempre, são sempre fases e estão sempre a mudar!

O mais giro é observar a relação delas e a forma como essa relação tem evoluído. A mini índia adora ver a irmã brincar. Ri-se para ela e chama a atenção a palrar. A irmã mais velha cuida, sempre muito maternal diz “não chora, a ‘cainha’ está aqui”. Dá beijinhos e abraços a toda a hora (às vezes um bocadinho apertados…). A relação delas cresce e fortalece a cada dia, tal como a nossa, de todos, da família. A mini índia trouxe ainda mais significado a esta casa, parece que sempre fez parte de nós e já nada faria sentido sem ela. Que estas manas índias fiquem amigas, companheiras, cúmplices e juntas para sempre. Sinto-me muito agradecida e sortuda, vocês são o meu mundo:)

Manhas na cama (pf)-1

Manhas na cama (pf)-6

Manhas na cama (pf)-8

MAnhas na cama (pf)-10

Manhas na cama (pf)-12

46 / 52 (2016)

Golden hour <3

46_52_2016_Clara

Como é que eu me tinha esquecido de ter esta foto no projecto das semanas?! Impossível! Voltei atrás mas este sorriso maravilhoso tinha que estar aqui. Das minhas fotografias preferidas <3

Shooting para a Little Wings. A nova colecção está uma perdição :)

46_52_2016_Minho

“A portrait of my children, once a week, every week, in 2014.”

Inspired by jodi

3 meses

Fizeste 3 meses na sexta-feira. Vou-me repetir, mas não dei pelo tempo passar, apesar de te ter aproveitado sempre o que pude. Com dois bebés toda a logística e tempo têm que se adaptar mas acho que já chegámos a um bom ponto de equilíbrio. As rotinas estão controladas e, apesar de sentir que tenho pouco tempo, tenho conseguido aproveitar as minhas índias. O blog tem ficado para trás e a prova é que já devia ter escrito este texto na sexta mas não consegui. Mas não queria deixar de o fazer. Escrevo para não esquecer :)

Mini índia,

És uma nenuca, carequinha e perfeitinha. A tua irmã às vezes chama-te ‘miminho’ e eu adoro. Olhos escuros, já se vê bem, mas o cabelo não consigo ter bem a certeza (embora não sejas loira óbvia!). Adoras conversa e companhia. Gostas de colo e mimo mas adormeces muito melhor na cama ou na espreguiçadeira. Dormes lindamente mas não comes assim tão bem. Ris para toda a gente, és uma bem disposta. Adoro quando estás a mamar a olhar para mim e te ris, temos uma cumplicidade só nossa. Adoras o banho e passear na rua. Não gostas de estar de barriga para baixo. Já começas a pegar nas coisas e és sempre muito atenta. Não gostas do pano nem do sling. Adoras trocar a fralda. Durante o dia dormes sestas muito curtas, como diz uma amiga, são power naps. Falas imenso e chamas a atenção com gritinhos. Gostas de massagens nos pés e detestas limpar os ouvidos e de creme na cara. Tens refegos que dão vontade de comer. Sou uma sortuda! Obrigada minha querida mini índia, és o meu amor pequenino <3

Carminho para LW-1

#1 Histórias de uma índia

E hoje lanço uma nova rubrica no blog. As histórias desta índia. Tudo para não esquecer :)

Foi com este teu ar traquina que hoje de manhã pediste uma banana. Depois de já teres bebido leite com cerelac, comido pão com doce e uvas o pai disse que não (parece que andas rota!). Desde uso à nossa educação para o desembaraço e autonomia e à tua agilidade sem igual, arrastaste um banco, foste à bancada buscar uma banana e quando demos conta já a tinhas descascado e estavas a por a casca no lixo! Só prova que quando queres uma coisa não desistes e que a altura de uma bancada e uma casca não são entrave, são uma boa desculpa para pores o teu espirito desafiador e desembaraçado em prática. Como não estávamos à espera não conseguimos ralhar até porque fizeste questão de explicar muito bem o que tinha acontecido com a expressividade e naturalidade que tão bem te assentam :)
E viva a autonomia!

Manas jardim Cascais (pf)-3