Hoje estou em silêncio

Hoje estou sem voz, sem fala, sem palavras. Acabei de saber que uma das famílias vitimas na tragédia do incêndio de Pedrogão Grande era da escola da minha filha. Estamos todos em choque, em luto, em silêncio. Toda esta tragédia me deixou arrepiada, incomodada por dentro, com a alma aterrorizada. Agora que soube que tudo isto foi ainda mais próximo de nós, reavivou e multiplicou todos estes sentimentos. Podíamos ter sido nós. Já me caíram lágrimas e eu não consigo dizer mais nada, mas tinha que dizer alguma coisa. Dou graças pela nossa segurança. O nosso coração está com todas estas famílias e como diziam os meninos da escola, com as estrelinhas que foram morar para o céu.

Indias no quarto (pf)-1

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*